Riscos Cibernéticos: sua empresa está segura?

Com a ligação, cada vez mais estreita, entre a realidade física e a virtual, a informação de clientes passou, por um lado, a ser a prioridade de defesa das empresas, mas, por outro, um alvo apetecível para ataques cibernéticos. A vulnerabilidade tornou-se numa das maiores ameaças atuais, com eventos mediáticos a sucederem-se no universo empresarial com uma frequência cada vez maior, com consequências graves e, sobretudo, dispendiosas. Por mais seguros que sejam os sistemas informáticos, os riscos multiplicam-se à velocidade da luz e com efeitos nefastos para o futuro dos negócios, a gestão dos riscos cibernéticos não cabe apenas ao departamento de TI. A competência da segurança informática é também uma responsabilidade das administrações.

As estatísticas demonstram que o problema não se resolve apenas investindo em grandes plataformas ou software de segurança informática, apesar de serem cada vez mais robustos e confiáveis, mas, ainda assim, vulneráveis. No ano passado e a nível mundial, a cada 10 seguros um utilizador foi atacado por “ransomware” – ataque informático que toma o controle dos computador e exige um resgate para que o controle seja devolvido ao utilizador – e uma empresa a cada 40 segundos. Ainda em 2016, a cibercriminalidade foi o fenómeno criminal mais investigado pelo Ministério Público da comarca de Lisboa, tendo sido registrado quase 3.500 inquéritos de cibercriminalidade.

Os ataques cibernéticos são considerados quase tão graves pela indústria do seguro quanto as catástrofes naturais. Ambos acarretam perdas bilionárias. Segundo os especialistas em análise de ricos das empresas, o risco cibernético já é considerado uma das cinco maiores exposições, apontando que as empresas então realmente suscetíveis a sofrerem prejuízos. O risco causado pela exposição de dados e informação das empresas hoje em dia é determinante para fomentar o seguro cyber riscos.

As apólices não são apenas de responsabilidade civil, e sim de cobertura tanto de dados a terceiros quanto para o tomador do seguro. No caso de situações de suspeitas de invasões, por exemplo, podem ser utilizados os serviços de empresas especializadas em fazer varreduras em sistemas operacionais, justamente com o objetivo de evitar sinistros no futuro.

 

Conheça as principais coberturas do Seguro Risco Cibernéticos

 

Responsabilidade por Danos Pessoais e Corporativos

 

A divulgação pública de dados privados que estão sob custódia da sociedade e a divulgação pública de dados corporativos de um terceiro (orçamentos, lista de clientes, planos de marketing etc) ou informações profissionais de um terceiro que esteja sob custódia da sociedade e sejam confidenciais.

 

Responsabilidade pela Segurança de Dados Ato, erros ou omissão que resulte em:

·        Contaminação de dados de terceiros por software não autorizado ou código maliciosos (vírus);

·        Negação de acesso inadequado para o acesso de um terceiro autorizado aos dados;

·        Roubo ou furto de código de acesso nas instalações da sociedade ou via sistema de computador;

·        Roubo ou furto de código de acesso nas instalações da sociedade ou via sistema de computador;

·        Destruição, modificação, corrupção e eliminação de dados armazenados em qualquer sistema de computador;

·        Roubo ou furto físico de hardware da empresa por terceiro;

·        Divulgação de dados devido a uma violação de segurança de dados.

 

Responsabilidade por Empresas Terceirizadas

 

Violação de informações pessoal que resulte em uma reclamação contra uma empresa terceirizada pelo processamento ou coleta de dados pessoais em nome da sociedade e pelos quais a sociedade é responsável.

 

Custo de Defesa

Honorários advocatícios e custas judiciais incorridos exclusivamente da defesa ou recurso de um procedimento civil, regulatório, administrativo ou criminal.

 

Investigação

Os honorários, custos e gastos razoáveis que o Segurado incorra para assessoramento legal e a representação relacionados a uma investigação.

 

Sanções Administrativas

As Sanções Administrativas que a sociedade seja obrigada a pagar relacionadas a uma investigação.

 

Restituição de Imagem da Sociedade e Pessoal

Custos e despesas para mitigar os danos à reputação em consequência de uma reclamação coberta pela apólice.

 

Notificação e Monitoramento

Custos incorridos para a notificação de uma violação de dados aos usuários.

 

Dados Eletrônicos

No caso de uma “Violação de Dados de Segurança”, estão cobertos os custos para determinar se os dados eletrônicos podem ser ou não restaurados, restabelecidos ou recriados, e os custos para restaurar, restabelecer ou recriar tais dados eletrônicos, quando possível.

 

 

Extensões Opcionais

 

Extorsão na Internet

Pagamento de qualquer perda por extorsão sofrida pelo Segurado exclusivamente como resultado de uma ameaça de segurança.

 

Conteúdo de Mídia

Pagamento de qualquer perda resultante de ato, erro, declaração inexata ou incerta ou omissão com relação à compilação, criação, publicação, impressão, difusão ou distribuição de material que resulte em uma infração de direitos autorais (copyright), marcas registradas, plágio, pirataria, divulgação pública de fatos privados, entre outros.

 

Lucros Cessantes

Cobertura para o lucro líquido que teria sido obtido e as despesas operacionais decorrentes de uma interrupção ou suspensão dos negócios, real e mensurável, causada exclusiva e diretamente por uma falha de segurança.


Deixe sua empresa mais segura? Clique aqui e solicite uma cotação.

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

16 mai 2017


Por Lucas Rocha
Anuncie